O que está buscando?

Alunos do Sesi Santa Bárbara recebem bolsa de incentivo à pesquisa

Estudantes foram contemplados com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações pelo desenvolvimento de seus projetos de pesquisa

16/09/202217:12- atualizado às 18:31 em 16/09/2022

Cinco estudantes da Escola Sesi-SP de Santa Bárbara d’Oeste foram contemplados com bolsas de incentivo à pesquisa pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), entidade ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. A conquista é resultado do bom desempenho dos alunos no desenvolvimento de seus projetos de pesquisa, expostos durante a Feira de Ciência e Tecnologia da região bragantina (Bragantec) e feiras afiliadas, organizadas pelo Instituto Federal São Paulo (IFSP).  

Nicole Cristina Rodrigues e Felipe dos Santos do Prado trabalham no projeto Laboratório Vivo, que tem como objetivo a produção e aplicação da horta na escola como ferramenta para auxiliar no ensino de Ciências da Natureza para alunos do ensino básico da escola Sesi de Santa Bárbara. O foco é estimular o interesse do aluno pelas aulas de Ciências, criando oportunidades de estudo a partir da observação e cultivo da horta, como, por exemplo, o desenvolvimento de experimentos com hortaliças e legumes, o estudo prático da tabela periódica e a função dos alimentos para hábitos saudáveis.

Os estudantes Henrique Ailer, Ryan dos Santos da Rocha e Leonardo Dias Zanetti (hoje ex-aluno Sesi), desenvolveram o projeto Companhia Virtual, que busca cuidar da saúde mental de idosos em casas de repouso. Os alunos criaram o protótipo de um robô que interage e conversa com idosos, estimulando a capacidade cerebral por meio de charadas e músicas. O robô já foi testado e instalado em uma casa de repouso de Santa Bárbara e está em constante aperfeiçoamento.

Para a professora do Sesi Santa Bárbara, Érica Inácio, orientadora dos projetos, “a conquista das bolsas é um incentivo para a continuidade da investigação científica, pois os alunos podem investir tanto no aprofundamento e melhorias de seus projetos como na própria qualificação pessoal. É uma satisfação ver esse reconhecimento”.

A coordenadora pedagógica do Sesi Santa Bárbara, Elisângela Lambstein, explica que “a proposta pedagógica do Sesi-SP é promover a aprendizagem valorizando o protagonismo do aluno. A metodologia de ensino com base em projetos permite que os estudantes confrontem problemas da sociedade e busquem soluções reais”.

Para a diretora da escola Sesi-SP de Santa Bárbara, Patrícia Andréa Avanzi Furlan, “dentro da grade curricular do Sesi-SP, trabalhamos a interdisciplinaridade e incentivamos a autonomia do aluno. Buscamos o letramento científico de forma desafiadora e estimulante”.

O diretor do Centro de Atividades do CAT Sesi, André Martins, afirma que “o Sesi-SP incentiva a participação dos alunos em feiras e eventos científicos, permitindo o desenvolvimento de habilidades e competências para que eles possam traçar não somente suas metas acadêmicas e profissionais, mas seus projetos de vida. A conquista da bolsa de pesquisa é um importante reconhecimento e os alunos estão de parabéns”.